• Carpes

Porque você deve pensar sua comunicação como uma prova de maratona (e não 100 metros rasos)



Há uma expressão muito utilizada no meio econômico para exemplificar o fenômeno do crescimento rápido que não consegue se sustentar ao longo do tempo, chamado “o voo de galinha”. Internamente, na Carpes, utilizamos a mesma expressão quando verificamos que algum trabalho de comunicação se iniciou, e logo parou. Isso acontece muitas vezes porque as empresas não compreenderam que, em comunicação, um dos principais segredos de sucesso é a constância. Não é uma prova de 100 metros rasos. É uma maratona! Se você tem uma empresa, ou acompanha a rotina de alguma, já deve ter se deparado com um projeto de comunicação que começou com muita empolgação e novas ideias, e não saiu do papel nem a sua metade. Existem vários motivos pelos quais isso pode ocorrer, mas o que mais testemunhamos são dois aspectos: primeiro, o projeto não foi planejado e executado por um profissional da área dedicado; e segundo, a expectativa do retorno costuma ser superestimada no curto prazo. Quando o projeto é realizado por alguém que não é da área de comunicação, geralmente essa pessoa tem outra função dentro da empresa (proprietário, diretor, supervisor e etc). E essa função demanda praticamente todo o seu tempo. Então, logo após passar a “animação” das primeiras iniciativas, o tempo para pensar em novas ideias se torna escasso, e a prioridade da sua agenda, é claro, passa a ser executar sua função principal. Resultado: voo de galinha. O outro ponto, que pode acontecer junto ao primeiro, é quando se gera uma expectativa desproporcional sobre o retorno de algum projeto de comunicação no curto prazo. Por exemplo: criei minhas redes sociais, fiz algumas postagens interessantes... e não tive retorno. Ou, coloquei meu site no ar há um mês, e pouco aconteceu. Logo vem a frustração e o projeto é abandonado por “não dar resultado”. Outro voo de galinha. Acontece que a comunicação, para dar resultado, além de ser bem pensada e executada, precisa principalmente de constância. Leva tempo para se construir uma marca. Não é uma corrida de 100 metros, onde você pode dar todo o gás durante alguns segundos e ganhar. É uma maratona, que requer treino, planejamento e estratégia. As pessoas aprendem através da repetição. Por isso, nas escolas levamos para casa exercícios, para que possamos repetir diversas vezes o conteúdo e assim assimilá-lo. Por esse mesmo motivo, um músico toca todo dia seu instrumento, através da repetição ele aprimora sua técnica. E repetição é constância. Logo, para quem quer que os clientes entendam o trabalho de sua empresa, é preciso explicá-lo diversas vezes. Basta você imaginar que grandes marcas, com mais de 100 anos de mercado, como a Coca-Cola por exemplo, seguem fazendo comunicação e pensando novas formas de conversar com seu consumidor. Então por que no seu caso seria diferente? Acredite, não existem milagres. Muitas vezes “frustramos” as pessoas com esse pensamento, mas é uma verdade. Comunicação é: mensagem de qualidade + público-alvo + constância. Por isso defendemos que um dos principais pontos no qual podemos contribuir com nossos clientes, é dar a eles constância e foco no seu projeto de comunicação. A boa notícia, é que poucas empresas se preparam para uma maratona, então provavelmente, seu concorrente vai perder o fôlego mais a frente e você poderá ultrapassá-lo, não porque é mais rápido, mas sim porque é constante.


Miguel Carpes

Sócio da Carpes


Carpes

Design e Gestão de Marcas

O melhor é possível


54 visualizações
Design e gestão de marcas

O melhor é possível

ola@carpesdesign.com | 51 3907 8400

  • Facebook Carpes
  • Instagram Carpes
  • LinkedIn Carpes
  • Behance Carpes