• Carpes

Por que repetimos os mesmos erros?



Por que ainda existem pessoas que caem no velho golpe do bilhete premiado? Por que ainda acreditamos que vamos baixar um e-book de 15 páginas e vamos aprender tudo que precisamos para entender 100% do mercado “x” ou da profissão “y”? O que nos leva a acreditar em coisas que, quando paramos um momento para pensar, não fazem sentido? Talvez nossa pressa pelo sucesso nos empurre muitas vezes a ter fé no caminho mais curto.


A internet nos possibilitou acesso imediato a praticamente qualquer tipo de conteúdo, porém a facilidade desse acesso muitas vezes pode ser confundida com conhecimento. O fato de podermos ter acesso aos conteúdos não faz automaticamente que tenhamos conhecimento sobre determinado tema. Conhecimento é construído com tempo, reflexão, estudo e prática do assunto. Daí surge a pergunta: porque mesmo sabendo disso acreditamos na venda do sucesso rápido e fácil? Cada vez mais temos cursos “definitivos” que vão nos ensinar tudo que precisamos saber, online e em apenas 4 horas, para termos uma carreira de sucesso relâmpago. Não faltam gurus que vendem a promessa da fórmula secreta para, do zero absoluto, fazer você ter êxito profissional.


Quando olhamos um pouco mais a fundo essas propostas, via de regra verificamos que elas esbarram no mesmo problema: a profundidade do conhecimento. Quando contratamos alguém para um serviço, estamos na verdade comprando o conhecimento que ele adquiriu com o tempo, estudo e prática. E geralmente pagamos um valor maior por um serviço de quem tem mais experiência. Afinal, você prefere ser operado por um cirurgião que possui muitos anos de experiência e estudo ou por um recém formado? Para se tornar um profissional relevante e valioso você precisa de tempo e esforço, e essa é a parte ignorada dentro das propostas de sucesso rápido e fácil. Por vezes nos deparamos com pessoas que parecem conquistar reconhecimento de forma meteórica, mas esquecemos de analisar sua trajetória e perceber quantos anos foram necessários para que o “êxito repentino” acontecesse.


O mercado da fórmula fácil se alimenta exatamente da nossa auto cobrança por sucesso e da nossa impaciência. É preciso tomar cuidado quando caímos na tentação de encontrar um atalho e buscar lembrarmos sempre de que dificilmente construímos algo valioso sem investir nosso tempo e esforço. Nos mantendo alertas a essa regra básica, escapamos da célebre frase de Thomas Sowell: “Quando as pessoas querem o impossível, somente mentirosos podem satisfazê-las.”


#Impossivel #Comunicação #Erros


Miguel Carpes

Sócio da Carpes


Carpes

Design e Gestão de Marcas

O melhor é possível


43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo