• Carpes

Comunicação não vende nada. Processos, sim.

Atualizado: 26 de Jul de 2019


Antes que você pense que o pessoal da Carpes enlouqueceu e começou a dar tiro no próprio pé, calma. Vamos explicar. A comunicação muitas vezes é vista como algo à parte das empresas, responsável por fazer elas venderem mais. Mas a realidade é que ela quando não é acompanhada de processos, internos e externos, não vende nada. A publicidade é responsável por posicionar, anunciar, e informar um serviço/produto ao seu público. Porém, a venda efetiva de algo se dá através de processos alinhados, que vão desde o contato do cliente, valores/orçamentos até efetivamente a sua compra. Algo muito mais complexo e interno do que apenas vincular um anúncio.


Não é difícil encontrar farto “conteúdo” sobre vendas na internet. Fórmulas mágicas que com alguns cliques vão dobrar suas vendas. Ou mesmo “guias definitivos” com tudo que você precisa aprender para vender mais. Em apenas um e-book de 3 páginas. É tentador, e provavelmente, não funciona. O motivo? É que o processo de venda é um caminho mais longo e muito mais ligado ao funcionamento interno das empresas do que elas por vezes imaginam. Por conta disso, cada vez mais se investe na experiência do cliente, desde seu contato até a finalização da sua compra.


Então quer dizer que a comunicação não ajuda? Claro que ajuda. E muito! Porém ela deve fazer parte de uma engrenagem. Há alguns meses participamos de um evento de marketing realizado na ESPM-Sul. Assistindo uma das palestras, um especialista em vendas revelou que, por vezes, o trabalho de aumentar o número de contato de clientes com as empresas (leads) funciona muito bem. Porém, as vendas praticamente não aumentam, justamente porque as empresas não têm um processo claro sobre o que fazer quando recebem esses contatos.


Entendemos perfeitamente casos assim. É uma das questões, inclusive, que nos levou a trabalhar com a gestão de marcas. Há pouco tempo, estávamos enfrentando dificuldade semelhante com um cliente da Carpes. Havíamos investido em uma campanha para venda de cursos, e tivemos um aumento muito significativo do número de leads gerados. Porém as vendas não estavam acompanhando. Ao investigarmos mais a fundo com o cliente, verificamos que o processo estava com problemas. Não eram organizados esses contatos nem efetuadas, com agilidade, as ligações com o discurso de vendas necessário para suas conversões, e com isso, perdíamos grande parte das oportunidades. Remontamos então o processo ideal: realocamos pessoas, refizemos o treinamento do discurso de vendas e dos processos de organização dos contatos. Em menos de um mês já era possível verificar a grande melhora nas conversões.


A verdadeira “fórmula” para melhorar as vendas é antiga e tem muito pouco de mágica. Está ligada diretamente a três coisas: processo, repetição e constância. É preciso sim comunicar e gerar interessados, mas é tão fundamental quanto, ter um processo claro, com pessoas treinadas, que possa ser repetido a fim de guiar seus interessados por um caminho simples até se tornarem efetivamente clientes e que possa também ser constante, para que você nunca pare de vender. Apenas publicidade não vai resolver.


Miguel Carpes

Sócio da Carpes


Carpes

Design e Gestão de Marcas

O melhor é possível


45 visualizações
Design e gestão de marcas

O melhor é possível

ola@carpesdesign.com | 51 3907 8400

  • Facebook Carpes
  • Instagram Carpes
  • LinkedIn Carpes
  • Behance Carpes